BANCO DE QUESTÕES

Por Matéria


BB - Certificação Interna


Exercício Trecho enunciado da questão Ano Entidade promotora Visualizar
42984

Acreditando na força das cooperativas, o Banco do Brasil oferece produtos e serviços especializados, acesso ao crédito e a parceria para que as cooperativas tenham mais competitividade no mercado interno e externo, via estabelecimento de convênios como o BB COOP e o BB AGRO.

Universidade Corporativa Banco do Brasil. Agronegócios.


Essas duas modalidades são diferentes porque o

2014 CESPE-UNB
42983

O financiamento da produção através de títulos financeiros tem se apresentado como alternativa interessante para obtenção de recursos para o setor agropecuário. Nessa modalidade de financiamento, os produtores rurais ou a cooperativa de produtores comercializam sua produção antes da safra, visando à obtenção de recursos para aplicação no empreendimento agropecuário, por meio de um título cambial negociado no mercado com a promessa de entrega de produtos rurais.

Universidade Corporativa Banco do Brasil. Sinapse: agronegócio: introdução ao crédito rural.


Essa modalidade de título é

2014 CESPE-UNB
42982

Um pequeno produtor rural do sul do país fez um financiamento para custeio para lavoura de milho e, juntamente com o financiamento, contratou um seguro público, visando amortizar parte das operações de custeio agrícola, assim como indenizar parcela da renda que seria gerada, no caso de ocorrer um evento adverso que afete as lavouras.

Universidade Corporativa Banco do Brasil. Agronegócios.


O seguro feito pelo produtor foi o Proagro Mais, pois cobre danos causados pela

2014 CESPE-UNB
42981

O Programa de Incentivo à Inovação Tecnológica na Produção Agropecuária (Inovagro) foi lançado recentemente pelo Governo Federal para financiar investimentos necessários à incorporação de inovação tecnológica nas propriedades rurais, visando ao aumento da produtividade, à adoção de boas práticas agropecuárias e de gestão da propriedade rural, e à inserção competitiva dos produtores rurais nos diferentes mercados consumidores.

Universidade Corporativa do Banco do Brasil. Investimento Agropecuário, material de apoio.


Este programa financia itens em projetos destinados à implantação de sistema de

2014 CESPE-UNB
42980

Visando ao potencial produtivo das cooperativas rurais, o Banco do Brasil (BB) oferece produtos e serviços especializados, bem como acesso ao crédito, que se coadunam com o fortalecimento dessas entidades. Se uma cooperativa rural procurasse financiamento para construção, ampliação e modernização de infraestrutura de armazenagem, o Banco do Brasil teria uma linha de crédito adequada a ser oferecida e que atenderia a essas demandas.

Universidade Corporativa Banco do Brasil. Agronegócios (com adaptações).


Entre as linhas de crédito a seguir, aquela que atende essa demandada cooperativa é

2014 CESPE-UNB
42979

Um agricultor familiar de Tailândia, no Pará, pretende adquirir equipamentos para beneficiamento e processamento de produtos do dendê. Para esse fim, ele estima a necessidade de um financiamento no valor de R$100.00,00, e espera ter o retorno em cerca de 10 anos.

A linha de crédito da agricultura familiar recomendada para esse agricultor é o Pronaf

2014 CESPE-UNB
42978

O seguro de produção agrícola mais conhecido no mercado é o Proagro, que é administrado pelo Banco Central do Brasil. Além do Proagro, o Banco do Brasil tem, em seu portfólio de produtos, seguros próprios como, entre outros, o BB Seguro Agrícola, que oferece aos clientes que atendem o perfil definido. Sabendo disso, um produtor rural do Rio Grande do Sul financiou o custeio de sua lavoura de soja pelo Banco do Brasil, contratando, também, o BB Seguro Agrícola Faturamento. Após a colheita e comercialização do produto, o cliente procurou o Banco para utilizar seu BB Seguro Agrícola Faturamento para indenização da sua produção devido à diferença entre o faturamento garantido e o faturamento obtido.

Universidade Corporativa Banco do Brasil. Agronegócios.


A seguradora pagará a indenização se o prejuízo do produtor for decorrente de

2014 CESPE-UNB
42977

Paulo procurou informações sobre o crédito rural, mais especificamente sobre o Programa para Construção e Ampliação de Armazéns (PCA). Ele verificou que o objetivo deste crédito é apoiar investimentos necessários à ampliação e à construção de novos armazéns; que podem ser beneficiários os produtores rurais e suas cooperativas de produção; e que podem ser financiados investimentos individuais ou coletivos vinculados ao objetivo desse
programa.

BACEN. Manual de Crédito Rural, MCR 13-10.


Dessa forma, para ser um beneficiário do PCA, Paulo deve apresentar projeto

2014 CESPE-UNB
42976

Uma produtora rural tem reclamado de maneira recorrente dos baixos preços obtidos na comercialização de seus produtos. Uma solução oferecida a esta produtora foi o crédito de comercialização que tem o objetivo de viabilizar ao produtor rural ou às suas cooperativas agropecuárias os recursos necessários à comercialização de seus produtos no mercado.

Nesse contexto, o agente bancário, ao consultar o MCR3-4, identificou que as modalidades de financiamento de
comercialização, para garantia de preços ao produtor, são

2014 CESPE-UNB
42975

O Programa ABC financia sistemas sustentáveis de produção agropecuária com capacidade reconhecida de reduzir
emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE), ao mesmo tempo em que promovem a produção de vegetação/biomassa e de alimentos com a preservação do meio ambiente.

Universidade Corporativa Banco do Brasil. Sinapse: Agronegócios.


Na lista de ações adotadas para reduzir emissão de GEE pela agropecuária, está

2014 CESPE-UNB
42974

A Letra de Crédito do Agronegócio (LCA) é uma opção de investimento que o Banco do Brasil (BB) utiliza para captar
recursos que contribuem para o desenvolvimento do agronegócio brasileiro. Para tanto, esse instrumento financeiro apresenta condições diferenciadas para os clientes, dentre elas a tributação.

Universidade Corporativa Banco do Brasil. Agronegócios.


Um cliente estilo do BB escolheu esse investimento por ser um título de baixo risco e

2014 CESPE-UNB
42973

Os mitigadores de risco representam redução do risco de crédito e ajudam a garantir o retorno do capital aplicado pelo Banco. Nesse sentido, um agricultor de soja de certo município, que utiliza o calendário de plantio, produz na melhor época de plantio das culturas, nos diferentes tipos de solo e ciclos de cultivares, reduz, sumariamente, as possibilidades de perda da sua lavoura.

Universidade Corporativa Banco do Brasil. Agronegócios. Introdução ao Crédito Rural.


Sobre o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (ZARC) e o Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro), inferese que o

2014 CESPE-UNB
42972

As cadeias de produção são compostas por diversos segmentos que, ao terem a produção agropecuária como elo central e atuarem de forma interligada, compõem, em última instância, o agronegócio.

Universidade Corporativa Banco do Brasil. Agronegócios. 

As cadeias de produção são representadas pelos elos

2014 CESPE-UNB
42971

Uma agricultora de Casca, no estado do Rio Grande do Sul, pretende contratar financiamento no âmbito do Pronamp, destinado à realização dos investimentos necessários à condução de suas atividades de produção de grãos, especialmente milho destinado à produção de ração. Para tanto, buscou informações na agência do Banco do Brasil da região.

O funcionário da agência informou à agricultora que o Pronamp, na modalidade investimento, opera com

2014 CESPE-UNB
42970

O Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR) foi criado para executar o crédito rural. O SNCR é constituído por órgãos básicos, vinculados e articulados, e cabe a ele conduzir os financiamentos, sob as diretrizes da política creditícia formulada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), em consonância com a política de desenvolvimento agropecuário.

Universidade corporativa do Banco do Brasil. Cartilha Conteúdo de Agronegócio. Certame 2.º Semestre, 2014 (com adaptações).


Nesse contexto, os órgãos básicos do SNCR são

2014 CESPE-UNB
42969

Um produtor rural de Céu Azul, no estado do Paraná, procurou uma agência do Banco do Brasil (BB) para obter informações sobre financiamentos para aquisição de equipamentos para irrigação e um caminhão novo para transporte de sua produção de sementes.

As linhas de crédito apresentadas pelo Banco para atender as demandas do produtor foram

2014 CESPE-UNB
42968

Um produtor rural deseja um financiamento para ampliar sua produção agropecuária, utilizando bases sustentáveis. Foi então informado que o Programa para Redução da Emissão de Gases de Efeito Estufa na Agricultura (Programa ABC) atenderia suas necessidades.

Universidade Corporativa Banco do Brasil. Sinapse: Agronegócios.


O produtor descobriu, então, que o Programa ABC emprega recursos do BNDES e Poupança Rural para financiar 

2014 CESPE-UNB
42967

A política de crédito rural visa, entre outros objetivos, incentivar a produtividade e a melhoria do padrão de vida das
populações rurais. Por isso, o governo federal divide sua política de atuação junto ao setor rural em duas vertentes. A primeira, sob o comando do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), está voltada para a agricultura familiar e para os programas de reforma agrária. A segunda, de responsabilidade do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), direciona-se para a chamada agricultura empresarial ou de mercado.

Universidade Corporativa Banco do Brasil. Apostila de Agronegócios.


No segmento da agricultura empresarial, a política de concessão de créditos é mais bem ilustrada pelas linhas de crédito para

2014 CESPE-UNB
42966

Um dos principais pilares da política agrícola nacional é o crédito rural, institucionalizado pela Lei Federal 4.829/1965. Ele é o suprimento de recursos financeiros, por instituições do Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), para aplicação exclusiva nas finalidades e condições estabelecidas no Manual de Crédito Rural (MCR) do Banco Central do Brasil, e tem sido um importante instrumento para apoio ao desenvolvimento da agricultura familiar.

Universidade Corporativa do Banco do Brasil. Cartilha Conteúdo de Agronegócio. Certame 2.º Semestre, 2014 (com adaptações).


O crédito rural concedido à agricultura familiar é aplicado para financiamento

2014 CESPE-UNB
42965

Uma produtora rural, com propriedade em Cristalina, no estado de Goiás, decidiu investir na produção de algodão. Como os investimentos são muito altos, resolveu comprar sua primeira colheitadeira usada.


Para conseguir efetuar a compra dessa colheitadeira, as linhas de crédito da agricultura empresarial que podem atendê-la são

2014 CESPE-UNB
42964

Durante o lançamento do Plano Safra 2014/2015, o Ministro do Desenvolvimento Agrário afirmou que sua pasta quer
aumentar em 30% a participação da mulher no Pronaf. A proposta é que, nesta safra, a Assistência Técnica e Extensão Rural (ATER) atenda mais de 800 mil famílias, com a garantia de atendimento de 50% de mulheres do público beneficiário. Portal Brasil.

Disponível em: <http://www.brasil.gov.br/economia-e-emprego/2014/05/plano-safra-2014-2015-vaidestinar-r-24-5-bilhoes>.
Acesso em: 01.10.2014.


Para acessar um financiamento no âmbito desse programa, uma agricultora do norte de Minas Gerais, além de ter sua unidade familiar de produção enquadrada no Pronaf, deve

2014 CESPE-UNB
42963

As modalidades de custeio agrícola ou pecuário em que o crédito chega ao produtor de maneira indireta, por meio de
agroindústrias integradoras e cooperativas, são tidas por custeio indireto.

Dessa forma, para financiar um produtor integrado que objetiva melhorar a infraestrutura do seu curral, o Banco do Brasil oferece linhas de créditos por meio de convênios.

Universidade Corporativa Banco do Brasil. Agronegócios.


Ao comparar o convênio BB CONVIR com os demais, o produtor verifica que esse é o que melhor lhe atende, uma vez que

2014 CESPE-UNB
42962

Um jovem produtor de café do estado de Minas Gerais, cuja receita bruta anual é de 1 milhão e 800 mil reais, deseja
financiar as despesas de custeio da lavoura formada em áreas próprias. Para tanto, o produtor elaborou, com o apoio de uma assessoria técnica, um projeto para financiar 1 milhão e 400 mil reais nesta safra.

Material de Apoio BB, Custeio Agropecuário.


O financiamento integral do valor demandado pelo agricultor está previsto

2014 CESPE-UNB
42961

Objetivando o fortalecimento do cooperativismo rural, o Banco do Brasil oferece o crédito de comercialização agropecuária, que está estruturado de forma que, para cada bloco de finalidade, são definidas as linhas de créditos aplicáveis, conforme as características de cada finalidade e beneficiários envolvidos.

Universidade Corporativa Banco do Brasil. Agronegócios.


A linha de crédito aplicável ao bloco de finalidade aquisição é

2014 CESPE-UNB
42960

Um produtor de leite, pessoa física, com renda bruta anual de um milhão e oitocentos mil reais, pretende usar crédito para financiar atividades produtivas em sua propriedade. Ele pretende investir os recursos financiados para aquisição e retenção de matrizes, produção de silagem, formação e recuperação de pastagens.

O produtor em questão deve empregar o crédito de

2014 CESPE-UNB