BANCO DE QUESTÕES

Por Matéria


OAB - BR / Segunda Fase


Exercício Trecho enunciado da questão Ano Entidade promotora Visualizar
50025

Marlon, famoso jogador de futebol, é contratado para ser o garoto propaganda da Guaraluz, fabricante de guaraná natural. O contrato de prestação de serviços tem prazo de três anos, fixando-se uma remuneração anual de R$ 50.000,00. Contém, além disso, cláusula de exclusividade, que impede Marlon de atuar como garoto-propaganda de qualquer concorrente da Guaraluz, e cláusula que estipula o valor de R$ 10.000,00 para o descumprimento contratual, não prevendo direito a indenização suplementar.

Durante o primeiro ano de vigência do contrato, Marlon recebe proposta para se tornar garotopropaganda da Guaratudo, sociedade do mesmo ramo da Guaraluz, que oferece expressamente o dobro do valor anual pago pela ‘concorrente’.

Marlon aceita a proposta da Guaratudo, descumprindo a cláusula de exclusividade contida no seu contrato anterior. Pelo descumprimento, Marlon paga à Guaraluz o montante de R$ 10.000,00, estipulado.

Além do valor pago por Marlon, a Guaraluz tem direito a receber alguma indenização por parte da Guaratudo?

 

*** Depois que marcar sua resposta e corrigir, comente a questão para justificar sua opção e compartilhar sua argumentação com outros estudantes. Em alguns minutos o seu comentário e o de outros estudantes sobre essa questão estarão disponíveis clicando no ícone de cor verde no menu superior de sua página.

2010 Fund Getúlio Vargas
50024

Marlon, famoso jogador de futebol, é contratado para ser o garoto propaganda da Guaraluz, fabricante de guaraná natural. O contrato de prestação de serviços tem prazo de três anos, fixando-se uma remuneração anual de R$ 50.000,00. Contém, além disso, cláusula de exclusividade, que impede Marlon de atuar como garoto-propaganda de qualquer concorrente da Guaraluz, e cláusula que estipula o valor de R$ 10.000,00 para o descumprimento contratual, não prevendo direito a indenização suplementar.

Durante o primeiro ano de vigência do contrato, Marlon recebe proposta para se tornar garotopropaganda da Guaratudo, sociedade do mesmo ramo da Guaraluz, que oferece expressamente o dobro do valor anual pago pela ‘concorrente’.

Marlon aceita a proposta da Guaratudo, descumprindo a cláusula de exclusividade contida no seu contrato anterior. Pelo descumprimento, Marlon paga à Guaraluz o montante de R$ 10.000,00, estipulado.

Se o prejuízo da Guaraluz for superior a R$ 10.000,00, será possível obter, de Marlon, judicialmente, a reparação integral do dano sofrido?

 

*** Depois que marcar sua resposta e corrigir, comente a questão para justificar sua opção e compartilhar sua argumentação com outros estudantes. Em alguns minutos o seu comentário e o de outros estudantes sobre essa questão estarão disponíveis clicando no ícone de cor verde no menu superior de sua página.

2010 Fund Getúlio Vargas
50023

Gerson está sendo executado judicialmente por Francisco, tendo sido penhorado um imóvel de sua propriedade. Helena, esposa de Gerson, casada pelo regime da separação total de bens, pretende a aquisição do bem penhorado, sem que o imóvel seja submeti do à hasta pública.

É juridicamente possível esta pretensão?

 

*** Depois que marcar sua resposta e corrigir, comente a questão para justificar sua opção e compartilhar sua argumentação com outros estudantes. Em alguns minutos o seu comentário e o de outros estudantes sobre essa questão estarão disponíveis clicando no ícone de cor verde no menu superior de sua página.

2010 Fund Getúlio Vargas
50022

Márcio Moraes Veloso, famoso perfumista, foi contratado para desenvolver uma nova fragrância de um perfume pela empresa Cheiro Bom. O perfumista criou a fórmula inspirado em sua namorada, Joana, e deu o seu nome ao perfume. Foi pactuado entre Márcio e a empresa Cheiro Bom que o perfumista jamais revelaria a fórmula da nova fragrância a terceiros. Contudo, objetivando fazer uma surpresa no dia do aniversário de Joana, Márcio presenteia a namorada com uma amostra do perfume e, por descuido, inclui na caixa anotações sobre a fórmula. Joana, acreditando que as anotações faziam parte da surpresa, mostra para todos os colegas da empresa Perfumelândia, onde trabalha. Dias depois, Márcio é surpreendido com a notícia de que a fórmula da nova fragrância havia sido descoberta pela concorrente.

Neste caso, pode o credor demandar judicialmente o cumprimento da obrigação cumulada com pedido de perdas e danos?

 

*** Depois que marcar sua resposta e corrigir, comente a questão para justificar sua opção e compartilhar sua argumentação com outros estudantes. Em alguns minutos o seu comentário e o de outros estudantes sobre essa questão estarão disponíveis clicando no ícone de cor verde no menu superior de sua página.

2010 Fund Getúlio Vargas
50021

Márcio Moraes Veloso, famoso perfumista, foi contratado para desenvolver uma nova fragrância de um perfume pela empresa Cheiro Bom. O perfumista criou a fórmula inspirado em sua namorada, Joana, e deu o seu nome ao perfume. Foi pactuado entre Márcio e a empresa Cheiro Bom que o perfumista jamais revelaria a fórmula da nova fragrância a terceiros. Contudo, objetivando fazer uma surpresa no dia do aniversário de Joana, Márcio presenteia a namorada com uma amostra do perfume e, por descuido, inclui na caixa anotações sobre a fórmula. Joana, acreditando que as anotações faziam parte da surpresa, mostra para todos os colegas da empresa Perfumelândia, onde trabalha. Dias depois, Márcio é surpreendido com a notícia de que a fórmula da nova fragrância havia sido descoberta pela concorrente.

Ao revelar a fórmula do perfume, pode-se afirmar que Márcio está em mora?

 

*** Depois que marcar sua resposta e corrigir, comente a questão para justificar sua opção e compartilhar sua argumentação com outros estudantes. Em alguns minutos o seu comentário e o de outros estudantes sobre essa questão estarão disponíveis clicando no ícone de cor verde no menu superior de sua página.

2010 Fund Getúlio Vargas
49932

José, nomeado, pela primeira vez, para cargo de provimento efetivo no serviço público, foi exonerado de ofício, durante o período de estágio probatório, em razão da extinção de seu cargo. Inconformado, José requereu a revisão de sua exoneração alegando que a extinção do cargo, durante o estágio probatório, deveria garantir-lhe, pelo menos, a prerrogativa constitucional da disponibilidade.

José teria direito à prerrogativa da disponibilidade?

 

*** Depois que marcar sua resposta e corrigir, comente a questão para justificar sua opção e compartilhar sua argumentação com outros estudantes. Em alguns minutos o seu comentário e o de outros estudantes sobre essa questão estarão disponíveis clicando no ícone de cor verde no menu superior de sua página.

2010 Fund Getúlio Vargas
49931

José, nomeado, pela primeira vez, para cargo de provimento efetivo no serviço público, foi exonerado de ofício, durante o período de estágio probatório, em razão da extinção de seu cargo. Inconformado, José requereu a revisão de sua exoneração alegando que a extinção do cargo, durante o estágio probatório, deveria garantir-lhe, pelo menos, a prerrogativa constitucional da disponibilidade.

José poderia ter sido exonerado de ofício, mesmo durante o período de estágio probatório? 

 

*** Depois que marcar sua resposta e corrigir, comente a questão para justificar sua opção e compartilhar sua argumentação com outros estudantes. Em alguns minutos o seu comentário e o de outros estudantes sobre essa questão estarão disponíveis clicando no ícone de cor verde no menu superior de sua página.

2010 Fund Getúlio Vargas
49930

A Administração de certo estado da federação abre concurso para preenchimento de 100 (cem) cargos de professores, conforme constante do Edital. Após as provas e as impugnações, vindo todos os incidentes a ser resolvidos, dá-se a classificação final, com sua homologação. Trinta dias após a referida homologação, a Administração nomeia os 10 (dez) primeiros aprovados, e contrata, temporariamente, 90 (noventa) candidatos aprovados.

Teriam os noventa candidatos aprovados, em observância à ordem classificatória, direito subjetivo à nomeação?

 

*** Depois que marcar sua resposta e corrigir, comente a questão para justificar sua opção e compartilhar sua argumentação com outros estudantes. Em alguns minutos o seu comentário e o de outros estudantes sobre essa questão estarão disponíveis clicando no ícone de cor verde no menu superior de sua página.

2010 Fund Getúlio Vargas
49929

Suponha que chegue ao conhecimento de um Ministro de Estado que Mévio, proprietário de uma fazenda na região central do país, vem utilizando sua propriedade para o cultivo ilegal de plantas psicotrópicas. Diante dessa notícia, a União Federal decide desapropriar as terras de Mévio.

Poderia o Estado da Federação em que estivessem situadas as glebas desapropriá-las para fins de reforma agrária?

 

*** Depois que marcar sua resposta e corrigir, comente a questão para justificar sua opção e compartilhar sua argumentação com outros estudantes. Em alguns minutos o seu comentário e o de outros estudantes sobre essa questão estarão disponíveis clicando no ícone de cor verde no menu superior de sua página.

2010 Fund Getúlio Vargas
49928

Suponha que chegue ao conhecimento de um Ministro de Estado que Mévio, proprietário de uma fazenda na região central do país, vem utilizando sua propriedade para o cultivo ilegal de plantas psicotrópicas. Diante dessa notícia, a União Federal decide desapropriar as terras de Mévio.

É juridicamente possível que a União Federal promova a desapropriação sem pagar a Mévio qualquer indenização?

 

*** Depois que marcar sua resposta e corrigir, comente a questão para justificar sua opção e compartilhar sua argumentação com outros estudantes. Em alguns minutos o seu comentário e o de outros estudantes sobre essa questão estarão disponíveis clicando no ícone de cor verde no menu superior de sua página.

2010 Fund Getúlio Vargas
49927

O prefeito de um determinado município está interessado em descentralizar o serviço de limpeza urbana e pretende, para tanto, criar uma empresa pública. Diante disso, formula consulta jurídica a respeito do regime a ser observado pela estatal em relação aos aspectos abaixo transcritos.

A empresa pública em questão deve observar limite máximo de remuneração previsto no artigo 37, inciso XI, da Constituição da República?

 

*** Depois que marcar sua resposta e corrigir, comente a questão para justificar sua opção e compartilhar sua argumentação com outros estudantes. Em alguns minutos o seu comentário e o de outros estudantes sobre essa questão estarão disponíveis clicando no ícone de cor verde no menu superior de sua página.

2010 Fund Getúlio Vargas
49926

O presidente de uma sociedade de economia mista estadual prestadora de serviço público, preocupado com o significativo aumento de demandas judiciais trabalhistas ajuizadas em face da entidade (duas mil), todas envolvendo idêntica tese jurídica e com argumentação de defesa já elaborada, decide contratar, por inexigibilidade de licitação, renomado escritório de advocacia para realizar o patrocínio judicial das causas.

Nas hipóteses de contratação direta, em sendo comprovado superfaturamento durante a execução contratual, é juridicamente possível responsabilizar solidariamente o agente público e o prestador do serviço pelo dano causado ao erário?

 

*** Depois que marcar sua resposta e corrigir, comente a questão para justificar sua opção e compartilhar sua argumentação com outros estudantes. Em alguns minutos o seu comentário e o de outros estudantes sobre essa questão estarão disponíveis clicando no ícone de cor verde no menu superior de sua página.

2010 Fund Getúlio Vargas