BANCO DE QUESTÕES

Por Matéria


Psicologia


Exercício Trecho enunciado da questão Ano Entidade promotora Visualizar
44995

As estratégias grupais têm sido amplamente utilizadas na prática profissional do psicólogo nas mais variadas áreas e contextos de atuação (educação, saúde e trabalho), nem sempre acompanhadas de uma teoria que sustente a prática. São condições indispensáveis para o trabalho grupal:

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44994

Situação: casal recém-divorciado não consegue entrar em acordo com relação à guarda dos filhos, um menino de 5 anos e uma menina de 3 anos. A mãe quer permanecer com os dois filhos com visitas e fins de semana alternados com o pai, mas este quer a guarda das crianças, com o mesmo sistema de visitas e fins de semana alternados, pois julga a mãe negligente com relação às crianças. Esta acredita que isto se deva ao ressentimento dele por ela ter solicitado a separação. Várias conversas foram tentadas e não foi possível chegar a um acordo. O juiz solicita a intervenção de um psicólogo.

O psicodiagnóstico que incluísse entrevistas e métodos projetivos poderia ser mais útil, neste caso, para

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44993

Ações voltadas para a promoção de saúde têm sido fundamentadas em estratégias que enfatizam a transformação das condições de vida e de trabalho subjacentes aos problemas de saúde. São consideradas essenciais, portanto, ações e políticas intersetoriais que envolvam educação, habitação, saneamento, transporte, lazer, etc. Nesse contexto de implementação de políticas públicas de saúde, a psicologia vê-se diante de exigências como:

I - a constituição de uma área técnico-normativa que pode contribuir para o aperfeiçoamento do novo modelo biomédico.

II - a constituição de uma especialidade que vai integrar uma equipe multiprofissional que busca, fundamentalmente, conhecer melhor o funcionamento das doenças e encontrar mecanismos para o controle das mesmas.

III - um campo teórico e prático que trata das questões psicológicas com enfoque mais social e coletivo e que exige a incorporação de outros saberes para compor a produção do cuidado com a saúde.

IV - um campo teórico e prático que se volta para a filiação histórica das idéias e para o confronto de interesses que integram políticas, projetos e saberes, inclusive os da própria psicologia.

É correto APENAS o que se afirma em

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44992

A Psicologia Organizacional e do Trabalho, com seus mais de 100 anos de atuação, tem procurado se desenvolver e acompanhar as transformações do mundo social, do mundo do trabalho, das organizações e da própria Psicologia, mas tem enfrentado, principalmente, problemas éticos e políticos, que se misturam e se interpenetram, impossibilitando, muitas vezes, o exercício pleno das atividades do psicólogo organizacional e do trabalho.

Esse exercício fica prejudicado pela

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44991

Foi realizado na Secretaria Municipal de Saúde de Ribeirão Preto (SP), um levantamento preliminar dos psicólogos que atuavam tanto em Centros de Saúde como em outros serviços públicos, oferecidos à comunidade dessa cidade. O levantamento dos casos de crianças e adolescentes encaminhados aos psicólogos permitiu verificar que a maior parte deles apresenta queixas relacionadas a questões escolares (69%), confirmando que a atuação dos psicólogos nos serviços públicos de saúde está voltada para a resolução de problemas enfrentados na área da educação.

A tabela detalha as principais queixas escolares que motivaram os encaminhamentos, relatadas pelos psicólogos.

A partir dos dados apresentados e do seu conhecimento sobre Psicologia, conclui-se que:

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44990

A busca de compreensão dos determinantes do comportamento instiga, há anos, os psicólogos e alimenta um antigo debate em torno da questão inato vs. aprendido (nature vs. nurture). Com relação a esse debate, estudos que relacionam medidas de inteligência em gêmeos mostram que os coeficientes de correlação entre gêmeos monozigóticos são claramente mais elevados do que entre os gêmeos dizigóticos, sobretudo na vida adulta. Esses resultados são coerentes com a afirmação:

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44989

Um paciente é portador de rara doença autossômica recessiva denominada Urbach-Wiethe. A amígdala dele encontrase largamente danificada em cada um dos hemisférios cerebrais, mas não há lesões detectáveis no hipocampo ou no neocórtex temporal. Não demonstra deficiências motora ou sensorial significativas, déficits de inteligência, memória ou linguagem. No entanto, exposto à situação em que deve escolher uma dentre uma série de fotografias de expressões faciais de emoção, é capaz de identificar tristeza, desgosto e felicidade, mas não medo.

Com base nas informações acima, é correto afirmar que este caso

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44988

Em relação à loucura, considere as afirmações abaixo.

I - A concepção da loucura é universal, mesmo em contextos culturais diversos como no sul da África ou no Norte dos Estados Unidos, o que é mais uma prova da universalidade explicativa dos fenômenos psicológicos.

II - A loucura não seria necessariamente uma entidade passível de ser definida em si mesma, pois a marca da cultura atravessa qualquer fenômeno humano.

III - Loucura, psicose e doença mental são concepções coincidentes, apenas advindas de campos do saber distintos.

IV - Para afirmar sobre pessoas oriundas de contextos distintos, a Psicologia deve privilegiar estudos interculturais acerca da loucura.

É correto APENAS o que se afirma em:

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44987

Um profissional é contratado por uma organização para trabalhar em sua área de formação, mas a gestão da mesma demite alguns funcionários das mais variadas especialidades para redução de custos e não faz substituições. Em várias situações, esse profissional se vê obrigado a realizar atividades, muitas das quais extremamente específicas e que requisitam competências técnicas muito particulares, para as quais não está preparado. Embora discorde dessa situação, não reclama porque, apesar de sofrer com a possibilidade de erros e falhas cruciais para o funcionamento e para a produção organizacional, necessita do emprego e vê valorizado o discurso da multifuncionalidade pela gestão organizacional.

Como podemos explicar a situação acima descrita?

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44986

Considere o gráfico e as afirmações abaixo.

Os dados do gráfico permitem afirmar que

I - de acordo com a perspectiva cognitivo-comportamental, a observação de comportamentos agressivos em filmes violentos não propiciou a aprendizagem vicariante para as meninas porque elas não têm repertório comportamental de confronto.

II - de acordo com a perspectiva cognitivista, ocorreu aprendizagem de comportamentos agressivos, pois as crianças estudadas formaram um esquema apropriado à situação a partir da observação do filme.

III - existe uma correlação negativa, estatisticamente significativa, no comportamento agressivo de crianças do sexo masculino, em função de assistirem a filmes violentos.

IV - as condições necessárias para a ocorrência da aprendizagem vicariante estão presentes quando a criança observa o modelo se comportando e percebe as conseqüências que o ambiente fornece para aquele comportamento.

É correto APENAS o que se afirma em:

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44985

A psicanálise não tem nenhum motivo para ter medo do formidável avanço atual da neurociência. Ela o espera com impaciência, na medida em que esses novos dados nos servirão como novas portas de entrada em nosso modelo − necessariamente multifatorial − de qualquer situação psicopatológica.

(Serge Lebovici)

I - Do ponto de vista da neurociência, a frase de Lebovici não é verdadeira, na medida em que a psicopatologia não é multifatorial, mas determinada exclusivamente pela biologia.

II - Do ponto de vista da psicanálise, a frase de Lebovici não é verdadeira, porque o avanço da neurociência poderá provocar o fim da psicanálise.

III - Na atualidade, há psicanalistas e neurocientistas trabalhando em conjunto por acreditarem na colaboração das pesquisas nessas áreas.

IV - Do ponto de vista da psicanálise, não há convergência possível entre a pesquisa psicanalítica e a da neurociência porque ambas partem de pressupostos teórico-epistemológicos absolutamente diversos.

É correto APENAS o que se afirma em:

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44984

Segundo o psicólogo social e sociólogo francês Sergei Moscovici, a representação social é uma produção coletiva que tem como uma de suas dimensões a atitude ou orientação geral de grupos em relação ao objeto da representação. O historiador inglês Eric Hobsbawm, por sua vez, afirma: “o racismo, além de conveniente enquanto legitimação da dominação do branco sobre indivíduos de cor e de ricos sobre pobres, é um mecanismo através do qual uma sociedade fundamentalmente desigual, mas baseada numa ideologia fundamentalmente igualitária, racionaliza as suas desigualdades. Para isso, a ciência, o trunfo do liberalismo, veio para provar que os homens não são iguais.” Nesse contexto, o preconceito racial e a violência que o acompanha

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44983

Uma das dimensões atuais da realidade brasileira é a questão da inclusão no mercado de trabalho de pessoas com deficiência, segundo a lei no 8.213/91 (Decreto Lei nº 3298/99) que tem trazido à tona situações de convívio com a diferença, bem como episódios de violência e segregação contra aqueles percebidos como diferentes.

A partir do texto são feitas duas afirmações:

O mecanismo de ação do preconceito estabelece uma diferenciação e uma desvalorização social entre as pessoas, e os estereótipos tendem a homogeneizar os grupos percebidos como diferentes.

PORQUE

O estabelecimento de cotas para pessoas com deficiência pode reforçar a discriminação.

Pode-se afirmar que

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44982

Caracterizado por quadros de agitação, impulsividade e dificuldade de concentração, o transtorno do déficit de atenção, nos últimos dez anos, ganhou maior atenção de médicos, psicólogos e pedagogos porque se passou a creditar a esse distúrbio boa parte dos casos de mau desempenho escolar... Pais acusam escolas de rotular suas crianças de hiperativas indiscriminadamente, antes mesmo de obter um diagnóstico médico, por falta de paciência dos professores para lidar com crianças irrequietas.

(Revista Veja, outubro 2004).

O texto permite afirmar que:

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44981

Paulo, bancário, 21 anos, procura um serviço de saúde mental, encaminhado pelo médico do banco. Na entrevista de triagem, relata que, em seu trabalho, os colegas estão sempre olhando para ele, fazendo comentários jocosos a seu respeito, o que ele percebe pelo jeito como eles olham e dão risadas às vezes. Não sabe o porquê desta atitude deles, pois antes eram amigos e até costumavam sair todos juntos. Suspeita que, talvez, tenha sido pelas mensagens que andou recebendo pelos jornais e pelo rádio. Eram mensagens cifradas a respeito de sua pessoa que só ele conseguia entender. Outro dia, no banco, estava tentando ouvir a notícia no rádio, mas ninguém conseguia ouvir nada. Aí foi levado ao médico do banco que achou que ele estaria estressado e o encaminhou para este hospital.

Se você estivesse fazendo essa entrevista de triagem, qual seria a hipótese diagnóstica e o encaminhamento mais coerente, de acordo com os critérios propostos pelo DSM−IV?

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44980

De acordo com a perspectiva construtivista, o desenvolvimento cognitivo da criança está ligado à interação social e aos afetos, desde o nascimento até a vida adulta. Considerando a afirmação acima, pode-se concluir que

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44979

Estudos antropológicos indicaram que em alguns grupos culturais não ocorre o período da adolescência. Isto significa que

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44978

A memória e as emoções são estudadas tanto por técnicas psicológicas como através da neurociência. A partir de estudos realizados nos últimos anos e relatados em revistas científicas especializadas, pode-se concluir que:

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44977

Considerando-se dados da literatura que mostram correlações positivas entre obesidade infantil e aspectos psicológicos, tais como depressão, ansiedade e déficits de competência social, é correto afirmar:

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44976

Um psicólogo pesquisador expôs um de seus pacientes com quadro clínico depressivo a um novo tratamento. Registrou a freqüência com que ocorriam os comportamentos depressivos em três momentos: antes de iniciar o tratamento, durante e após interrompê-lo. O gráfico abaixo representa hipoteticamente os resultados obtidos.

A partir desses resultados, o tratamento aplicado mostra-se:

I - seguramente eficaz, pois a redução constante dos comportamentos depressivos ao longo do tratamento é clara e inequívoca.

II - possivelmente eficaz, pois a redução dos comportamentos depressivos já ocorria antes mesmo do seu início.

III - provavelmente eficaz, pois os comportamentos depressivos reduziram-se durante o tratamento.

IV - certamente eficaz, pois os comportamentos mantiveram-se baixos mesmo após a sua interrupção.

É correto APENAS o que se afirma em:

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44975

O rigor psicométrico de um instrumento de medida é avaliado por alguns destes critérios:

I - Profissionais treinados apresentam grau de concordância satisfatório quanto à pontuação de suas variáveis.

II - Os dados normativos de uma determinada população podem ser extrapolados a outras populações, utilizando-se coeficientes representativos.

III - As estimativas do grau de fidedignidade indicam que ele fornece informações precisas, isto é, que os resultados têm variância de erro mínima, sendo próximos dos valores reais.

IV - A validade se correlaciona positivamente com a probabilidade de oferecer predições longitudinais.

É correto APENAS o que se afirma em:

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44974

São feitas duas afirmações abaixo.

Resultados de pesquisa, baseados em procedimentos de observação e mensuração mais precisos, mostram que a visão tradicionalmente mantida pelo senso comum subestima o bebê recém-nascido.

PORQUE

Este demonstra estar preparado para a vinculação afetiva e interação social, o que evidencia na imitação de expressões faciais.

Pode-se afirmar que

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44973

Na gênese e no desenvolvimento do psiquismo humano, o processo de significação destaca-se posto que, via atividade em contextos sociais específicos, o que é apropriado pelo sujeito vem a ser não a realidade em si, mas o que esta significa tanto para os sujeitos em relação quanto para cada um em particular. Nesse sentido, ressalta-se que esse movimento de apropriação das significações não se dá de maneira passiva nem direta, pois o sujeito reelabora, imprime sentidos privados ao significado compartilhado na cultura e nesse processo apropria-se do signo em sua função de significação, observando o seu duplo referencial semântico.

(ZANELLA, A. V.; Andrada, E. G. C. Processos de significação no brincar: problematizando a constituição do sujeito. Psicol. estud., Dez 2002, vol.7, n. 2, p. 127−133)

De acordo com a abordagem em que se fundamenta o texto acima, pode-se afirmar que:

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44972

Na perspectiva epistemológica histórico-crítica, a epistemologia positivista

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira
44971

O conhecimento produzido pela Psicologia na atualidade originou:

I - uma extensão dos campos e dos métodos de atuação do psicólogo que o está levando a uma perda da identidade profissional.

II - alternativas psicoterapêuticas que estão levando o psicólogo de volta a seu lugar ideal de trabalho: o consultório.

III - novos conhecimentos sobre grupos e instituições que ampliam as possibilidades de ação do psicólogo para além da clínica.

É correto APENAS o que se afirma em

2006 Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira